Meus livros

 
 
 
                     A babá gótica
 
“A babá gótica” é um romance sobrenatural que engloba misticismo, espiritualismo, mistério, drama e uma envolvente história de amor. Analice contrata uma babá jovem, muito bem recomendada por suas amigas, para sua filha de cinco anos. No entanto, a babá tinha uma característica bem peculiar: era gótica. A narrativa passa então a se desenvolver em torno do mistério que envolve a figura estranha da babá. Ela seria uma bruxa? Uma louca? Ou apenas alguém excêntrica? Lourenço, jovem estudante de medicina, filho do primeiro casamento do esposo de Analice, fica irritado e intrigado com a babá. Implica com ela e investiga sua vida a pretexto da segurança de sua meia-irmã. Ele e Lucinda acabam se apaixonando, mas o mistério em que ela está envolvida não os deixa ficar juntos. Ao que tudo indica, algo de sobrenatural cerca a vida de Lucinda,  babá. Para resolver o mistério e poder tornar seu amor possível, Lourenço está disposto a tudo.
 
 
A fórmula da vida (A escolha de Catarina) 
 
 

capa da 1a edição
capa da 2a edição
 

         Um romance moderno, cheio de aventura, ação, romance, drama e conflitos.

 
 


UMA NARRATIVA DINÂMICA COMO VOCÊ NUNCA VIU, QUE VAI ENVOLVÊ-LO EM UMA LEITURA PRAZEROSA  E INUSITADA

Sinopse:

             O que é a vida? Qual a melhor forma de se viver? Pode alguém que perdeu tudo que era importante em sua vida ainda ser feliz? Ainda há esperança mesmo para quem viveu dor, violência, solidão?  Para quem se deixou levar pelo caminho do mal? Na jornada pela fórmula da vida, o leitor vai experimentar muita ação, tramas, drama, conflitos existenciais e romance.
             Vítima de um crime, Catarina Evangelista Durval faz justiça com suas próprias mãos, mas paga um preço alto por isso.  A jovem Catarina atravessa a adolescência e chega à vida adulta com vários dilemas.
             Quando Catarina se vê novamente acusada de um crime, foge e assume a identidade de um colega. Refugiando-se em uma fazenda, usando o nome do colega e em seu emprego, ela conhece a família Fragoso e outras pessoas simples que vão fazendo com que aos poucos ela seja uma pessoa melhor. Descobre o amor que julgou não existir e se vê envolvida de tal forma, que o momento de sua partida para enfrentar seu destino se torna muito mais difícil do que julgara.
             Ao voltar para sua cidade, ela vai ao encontro de uma cilada fatal e vai precisar lutar pela sua vida e resolver todos os seus problemas antes de poder buscar novamente o amor e a felicidade.

 
Um apartamento com vista para o mar e outras histórias
"Romance, fantasia, drama e um toque de humor."
Uma história de amor narrada pelo próprio Cupido... 
“Pensa que é moleza? Pensa que essa história de atirar flechinha é pra valer? Fala sério! Eu não sou, nem nunca fui um garotinho fofinho, seminu, enrolado em lençóis esvoaçantes com guirlanda de flores ou louros na cabeça, com asinhas minúsculas e cabelos encaracolados.”
E outras histórias...
  
Contos em antologias
 
" Desembrulhando no Natal" na antologia "Eu, você e o Natal" (dezembro de 2014)
 
        Será que é preciso escolher entre a carreira e o amor?
    
          "O amor é uma escolha diária. Todos os dias você escolhe estar do lado daquela pessoa. Naquela noite de Natal eu fiz uma escolha importante, que eu renovo a cada instante de minha existência."
 
 
 
               







"A mulher do chapéu amarelo" na antologia "Encontros e Desencontros" (janeiro/ março 2015)
 
           
 
            Quem seria aquela mulher misteriosa com o chapéu amarelo?
 
         
     "A mulher do chapéu amarelo continuava a ser um mistério na minha vida. Ela não estava lá, porém estranhamente, continuava a sentir sua presença. "
 
 
 
               "Queijadinha de assadeira" na coletânea portuguesa "Receitas Secretas" (fevereiro de 2015)
 
 
      Primeiro eles brigaram, depois ficaram juntos... Tudo por causa de uma queijadinha que ele comeu numa festa...
 
     "Flagrou-a olhando para ele duas vezes e capturou-lhe o embaraço e rubor. Ficou encantado com aquele ar de inocência e decidiu que iria falar com ela."
 
 
 
 
       "A culpa é das mentiras" na coletânea portuguesa "Mentira" (janeiro de 2015)
 
 
                 O que uma mentira pode gerar?
 
     "Gilberto e Laíse se viram caminhando lado a lado na fila para entrar na sala de cinema que exibiria “A culpa é das estrelas”. Gilberto estava totalmente sem jeito, no entanto, assaz extasiado. Uma sessão de cinema com a mulher por quem era apaixonado há dois anos?"
 
 
 

 
 "De verdade" na coletânea "Eu, você e o amor"  (junho de 2015)
 
 
   Pode a amizade de infância se tornar um grande amor
 na fase adulta?
 
"− Eu serei seu namorado hoje à noite e você será minha
 namorada pelo resto do mês. De verdade. Nada
de mentirinha."